Check-in online

Partidas & Chegadas

Anuncie Connosco

tap|corporate fly
 

Termos & Condições

1. Condições Gerais

1.1. O tap|corporate fly é um Programa de Fidelização dirigido às pequenas e médias empresas, que se inscrevam no site do Programa ('Empresa'). Os colaboradores da Empresa registada, acumulam Pontos Corporate sempre que emitirem bilhetes e viajarem com a TAP Portugal (em voos operados pela TAP e PGA).

1.2. Os Pontos Corporate acumulados na conta Empresa podem ser convertidos em bilhetes gratuitos (Bilhetes Prémio) e upgrades com a TAP Portugal.

1.3. A participação no Programa tap|corporate fly é restrita a Empresas. As Agências de Viagens, Operadores, Organismos Estatais, Consolidadores ou vendedores de passagens e agentes de viagem free-lancers não poderão aderir ao Programa tap|corporate fly.

1.4. O Programa tap|corporate fly está disponível para todas as empresas que não usufruam de qualquer acordo comercial com a TAP. Não sendo exigido um volume de viagens mínimo para a adesão, só serão aceites Empresas Domiciliadas nos países em que o Programa tap|corporate fly se encontra disponível. A TAP pode, em qualquer momento, requerer certificado do registo comercial da Empresa.

1.5. A TAP Portugal reserva-se o direito de aceitar ou não, a adesão da Empresa ao Programa tap|corporate fly, com base nas informações fornecidas no formulário de registo. Os Termos e Condições Gerais aqui definidos constituem as regras básicas para a participação no Programa tap|corporate fly, e estão sujeitos a alterações.

2. Inscrição

2.1. A Empresa pode inscreve-se no Programa tap|corporate fly através do Formulário de Adesão . Após o registo on-line recebe automaticamente a confirmação dos dados de inscrição no e-mail do Interlocutor da Empresa, facultado na altura da inscrição. A inscrição implica a aceitação prévia dos Termos e Condições do Programa, em vigor na data do referido registo.

2.2. As empresas poderão contactar o Programa tap|corporate fly via e-mail para fly.corporate.esp@tap.pt.

3. Interlocutor

3.1. Aquando da inscrição, é nomeada pela Empresa uma pessoa responsável pela gestão da conta da empresa que será o principal contacto com a TAP Portugal na gestão diária das viagens da empresa. O Interlocutor assume as funções de Administrador do Grupo, ou seja, no acto de inscrição de uma Empresa, deve ser indicado o nome do Grupo a que a Empresa pertence, de modo a que, posteriormente, possam ser sempre associadas as novas Empresas que façam ou que venham a fazer parte do mesmo Grupo empresarial.

3.2. O Interlocutor pode criar utilizadores de nível igual (Administrador de Grupo) ou de nível abaixo (Administrador de Empresa) ao dele para acederem à conta do Grupo/Empresa.

3.3. Em caso excepcional e mediante avaliação da Gestão do Programa tap|corporate fly, a Empresa pode solicitar, por e-mail, a alteração dos dados referentes ao gestor de conta do Grupo.

3.4. O Interlocutor da Empresa é responsável por notificar, em tempo útil, a TAP Portugal via e-mail nas seguintes situações: - Alteração do nome da Empresa - Alteração da agência de viagens fornecedora.

3.5. A TAP reserva-se o direito de solicitar ao Interlocutor declaração comprovativa do vínculo laboral dos funcionários da Empresa, habilitados a ganhar Pontos Corporate através do Programa tap|corporate fly.

4. Acumulação de Pontos Corporate

4.1. A acumulação de Pontos Corporate é válida em voos operados pela TAP Portugal e PGA, apenas para bilhetes emitidos com chapa TAP. Para as Empresas registadas no Programa Corporate do mercado português os bilhetes válidos para efeitos de acumulação de pontos serão aqueles que foram emitidos em Portugal. Para as Empresas registadas no Programa Corporate do mercado brasileiro só são válidos para contabilização de pontos os bilhetes emitidos no Brasil. O mesmo se aplica para empresas registadas em Espanha; só são válidos para contabilização os bilhetes emitidos em Espanha. Assim, caso uma Empresa portuguesa emita bilhetes num outro mercado que não o português, os pontos não serão válidos para acumulação, tal como se uma Empresa espanhola emitir fora do seu mercado também não terá direito aos Pontos Corporate. As reservas poderão ser efectuadas como habitualmente pela empresa, através da agência de viagens ou directamente com a TAP Portugal: nos balcões de atendimento ou através do website flytap.com.

4.2. Quando completar a sua inscrição ser-lhe-á atribuído um código de Identificação de Empresa (por exemplo: CIE123). Anote o seu código CIE e indique-o sempre que adquirir a(s) sua (s) viagem com a TAP, através da sua agência de viagens ou directamente com a TAP, nos balcões de atendimento ou no website flytap.com, tendo sido esta a modalidade de contabilização escolhida.

4.3. Poderá, opcionalmente, registar o(s) números de cartão Victoria dos seus colaboradores na sua conta empresa. Desta maneira o(s) seu(s) trabalhador(es) acumula(m) Pontos Corporate para a sua empresa e Milhas Victoria na sua conta pessoal. A indicação de números Victoria inválidos ou que não se encontrem registados na sua conta empresa comprometerá a creditação dos Pontos Corporate e Milhas Victoria.

4.4. A acumulação de Pontos Corporate é válida a partir da data de adesão ao programa.

4.5. O número de Pontos Corporate é calculado com base no número de milhas correspondente à distância entre os aeroportos de partida e chegada do voo. Estas distâncias são baseadas nos pontos de origem e de destino declarados no bilhete do passageiro e segundo as normas da IATA. Será atribuído um número fixo de Pontos Corporate, independentemente da distância real, para voos domésticos e internacionais de pequeno curso previamente definidos, que equivale a um quinto do valor normalmente atribuído em milhas aos clientes Victoria.

4.6. Em função do produto TAP adquirido: tap | executive, tap | plus, tap | classic, tap | basic ou tap | discount, são adicionalmente aplicados critérios de ponderação diferenciados.

4.7. Para conhecer os Pontos Corporate possíveis de acumular, a empresa pode utilizar a Calculadora de Pontos ou consultar a Tabela de Pontos ou a Tabela de Ponderação disponíveis no site, no menu tap|corporate fly, Como Acumular Pontos.

4.8. Não são considerados válidos para acumulação de Pontos Corporate: bilhetes prémio e upgrades obtidos quer no Programa Corporate, quer no Programa Victoria; Bilhetes emitidos para voos charter; para voos operados em codeshare, quando não é operação TAP (equipamentos TAP ou Portugália); serviço de autocarro; comboio e navio; Bilhetes de facilidades ID/AD/TC/DG; Bilhetes com reservas de grupo (RBD G); Bilhetes leilão; Bilhetes de cortesia.

5. Crédito de Pontos Corporate

5.1. Os Pontos Corporate são creditados com base no que for efectivamente voado. Os Pontos Corporate serão creditados na conta Empresa entre 24 e 72 horas após o voo. A TAP Portugal reserva-se o direito de alterar a frequência com que os Pontos Corporate são creditados.

5.2. Caso haja uma diferença em relação à quantidade de viagens realizadas pela Empresa e o assinalado pelo tap|corporate fly, a TAP Portugal reserva-se o direito de requerer os comprovativos de viagem, incluindo recibos de passagens e os originais de cartões de embarque, de forma a poder, excepcionalmente e mediante os referidos comprovativos, efectuar o crédito das viagens realizadas. A empresa deve notificar, por escrito, qualquer divergência ou irregularidade no crédito dos Pontos Corporate no prazo máximo de 6 meses a partir da data original da viagem.

6. Modalidade de Contabilização

6.1. Entende-se por Modalidade de Contabilização a forma através da qual a Empresa é identificada para efeitos de contabilização de Pontos Corporate. As opções disponibilizadas ao cliente Corporate são: através do CIE (Código de Identificação da Empresa) ou através do(s) cartão(ões) Victoria do(s) seu(s) colaborador(es).

6.2. CIE - Código de Identificação da Empresa – acumular Pontos Corporate

6.2.1. Cabe à empresa indicar o código CIE sempre que adquirir uma viagem com a TAP à sua agência de viagens ou directamente com a TAP, nos balcões de venda ou em flytap.com (no campo Dados do Titular da Reserva). A indicação de um código CIE incorrecto tornará inviável a creditação de Pontos Corporate na sua conta empresa, não sendo possível a sua reclamação à posteriori.

6.3. Cartão Victoria – acumular Pontos Corporate e Milhas Victoria

6.3.1. Caso opte por registar os(s) números de cartão Victoria dos seus colaboradores na sua conta empresa acumulará Pontos Corporate pela viagem assim como o(s) seu(s) colaborador(es) acumulará(ão) Milhas na sua conta pessoal do programa Victoria. Para garantir a contabilização das viagens é necessário indicar o(s) número(s) Victoria do(s) passageiro(s) que viaja(m), no acto da reserva, previamente registado(s) na conta empresa. Em flytap.com deverá colocar esta informação em Dados do Passageiro Titular da Reserva, Número de Passageiro Frequente.

6.3.2. Cabe à empresa participante a actualização online do(s) número(s) do(s) cartão(ões) Victoria associados à conta empresa. A introdução de números de clientes Victoria não registados ou inválidos determinará a impossibilidade de contabilizar pontos, não sendo possível a sua contabilização a posteriori.

6.3.3. A identificação dos cartões Victoria dos colaboradores da empresa será considerada em vigor a partir do dia seguinte à sua selecção.

6.3.4. Não é possível ter o mesmo número de cartão Victoria associado a mais do que uma conta empresa.

7. Utilização de Pontos

7.1. Os Pontos Corporate têm uma validade para utilização de 24 meses, a partir da data da acumulação. A expiração dos Pontos Corporate é contabilizada a partir da data de adesão ao programa.

7.2. Os Pontos Corporate não são convertíveis em dinheiro. Os pontos podem ser convertidos em Bilhetes Prémio ou Upgrades.

7.3. Não é permitida a combinação cumulativa de prémios. Exemplo: Bilhetes emitidos com a combinação de Pontos Corporate do tap|corporate fly com as milhas do Programa Victoria.

7.4. Bilhetes Prémio

7.4.1. O pedido de bilhete prémio é efectuado através do formulário disponível no site Corporate, no menu Utilizar Pontos, apenas disponível após login.

7.4.2. Depois da reserva confirmada, a TAP Portugal envia um e-mail com informação sobre a reserva e respectivo código, bem como o(s) bilhete(s) electrónico(s) via e-mail.

7.4.3. Qualquer pessoa pode usufruir dos prémios, desde que designado pelo Interlocutor da Empresa participante. A utilização dos prémios não é limitada somente aos colaboradores da Empresa.

7.4.4. O prazo mínimo para solicitar as reservas para emissão de bilhetes prémio é de 3 dias úteis antes da viagem.

7.4.5. Os bilhetes prémio são emitidos sob a forma de bilhete electrónico.

7.4.6. Aos bilhetes prémio são acrescidas as taxas de aeroporto, de segurança e de combustível bem como uma taxa de serviço de 25 euros, pagas através de cartão de crédito.

7.4.7. Após a emissão do bilhete prémio, apenas é possível alterar a data ou número do voo (hora) sujeito a disponibilidade de lugar para a classe de bilhete prémio/upgrade, mediante pagamento de uma penalização de 30 euros. As classes de reserva e rota não são passíveis de alteração.

7.4.8. É cobrada uma penalidade de 60 euros para a devolução dos pontos depois de um bilhete emitido ser cancelado.

7.4.9. Os bilhetes prémio expirados ou não utilizados, não serão substituídos ou creditados na conta da Empresa, assim como os pontos utilizados nesses bilhetes também não serão restituídos automaticamente, mas apenas mediante pagamento de 60 euros tal como contemplado no ponto7.4.8.

7.4.10. Os bilhetes prémio são emitidos pela TAP Portugal e são válidos para voos operados pela TAP Portugal e PGA (equipamentos TAP e PGA).

7.4.11. As tabelas de pontos aplicam-se a viagens de ida e volta. Para emissão de bilhetes de ida ou volta independentes são cobrados 50% dos Pontos Corporate de tabela.

7.4.12. São permitidos um máximo de 4 segmentos para voo de ida e volta e um máximo de 2 segmentos para um voo só de ida. Não será permitido, em nenhum dos casos, voar mais do que uma vez para o mesmo destino.

7.4.13. É permitido um transfer em cada direcção.

7.4.14. “Open Jaw” (regresso de um destino diferente da origem) permitido. Caso o destino de regresso não seja igual ao da ida, aplicar-se-á o valor de Pontos Corporate mais elevado.

7.4.15. Estes bilhetes são também aplicáveis a crianças entre os 2 e os 11 anos. Aplicar-se-á 50% do preço de Pontos Corporate de um bilhete prémio para adultos.

7.4.16. A validade do Bilhete Prémio é de até 1 ano após a emissão e não podem ser transferidos, substituídos ou prorrogados. 7.4.17. Não são permitidos stopovers.

7.5. Upgrades

7.5.1. O prazo mínimo para solicitar upgrades é de 3 dias úteis antes da data da partida da viagem.

7.5.2. Os upgrades podem ser alterados ou anulados gratuitamente até 3 dias úteis antes do voo. Caso o prazo seja ultrapassado terá uma penalização de 60 Euros.

7.5.3. Os upgrades são reemitidos sob a forma de bilhete electrónico.

7.5.4. Os upgrades são válidos exclusivamente para voos operados na TAP Portugal e PGA (equipamentos TAP e PGA).

7.5.5. Os upgrades com Pontos Corporate não podem estar associados a outros prémios.

7.5.6. Os Pontos Corporate indicados na tabela são válidos exclusivamente para “one-ways” e cobrados por segmento. Exemplo: Madrid – Lisboa – 650 pontos + Lisboa – Rio de Janeiro – 16 000 pontos.

7.5.7. Os upgrades são válidos para reservas confirmadas em classe económica apenas nos produtos tap|plus e tap|classic.

7.5.8. Só é possível efectuar upgrades em reservas confirmadas.

7.5.9. Mantêm-se todas as condições aplicáveis ao bilhete original.

7.5.10. Os valores de Pontos Corporate apresentados nas tabelas são aplicáveis a bilhetes de crianças e adultos.

7.5.11. É apenas válido para acumulação de Pontos Corporate o bilhete original.

8. Promoções

8.1. A TAP Portugal pode, em qualquer momento, efectuar promoções especiais no âmbito do tap|corporate fly. As condições e duração da promoção serão divulgadas através do site Corporate, de outros canais de comunicação TAP, ou até de outros canais de comunicação externos à empresa, sejam parceiros ou não do Programa ou da empresa.

9. Encerramento do Acordo

9.1. Ambas as partes podem rescindir a relação contratual mediante comunicação escrita.

9.2. Quaisquer Pontos Corporate que a empresa tenha acumulado deverão ser utilizados num prazo de 90 dias após a cessação da participação.

9.3. A TAP Portugal reserva-se o direito de cessar a participação de determinada Empresa participante, com efeito imediato, no caso de:

9.3.1. Desrespeito pelos Termos e Condições do Programa tap|corporate fly;

9.3.2. Abuso na utilização dos privilégios do Programa tap|corporate fly;

9.3.3. Fornecimento de informações falsas à TAP Portugal;

9.3.4. Não acumular quaisquer Pontos Corporate durante um período de 24meses consecutivos;

9.3.5. Acumulação de Pontos Corporate por passageiros que não tenham vínculo laboral à Empresa.

9.4. No caso da TAP Portugal exercer o seu direito de cessação, por se ter verificado alguma das situações descritas anteriormente, os Pontos Corporate serão de imediato declarados nulos, e a conta Empresa anulada.

10. Serviços de Internet

10.1. As informações e processos do presente site podem a todo o tempo ser alteradas pela TAP, sempre que as mesmas vierem a ser consideradas necessárias com vista a melhoria de serviço e processos no mesmo previsto.


 

© Copyright TAP Portugal

© Copyright TAP Portugal

TAP PortugalStar Alliance